Iniciação à Aromaterapia

Há imensa coisa para o qual não nos preparam para a Maternidade, já sabemos, e uma delas é o aparecimento das variadas doenças e mal-estares dos nossos pequeninos.

Claro que há imensos miúdos que nunca ficam doentes. Mas na verdade estou sempre a ouvir Mães a queixarem-se das pequenas doenças dos filhos e nós por aqui também não somos exceção.

Uma das muitas vantagens de ter este blog, é que vou acabando por ter contacto com outras Mães, também bloguers ou não, que acabam por passar muita informação válida, experienciada pelas próprias e pela respetiva família, sobre os mais variados assuntos.

Um deles despertava-me especial atenção, pois era um assunto que me preocupava recorrentemente. Especialmente na altura do frio, volta e meia lá estavam o João e a Beatriz com pingo no nariz, que rapidamente passava a ranho, verde (sim, é mesmo assim), que logo passava a infeção e que num instante os fazia ter febre, tosse, otite, bronquiolite, por aí fora, o que obrigatoriamente nos levava às urgências, às consultas, a ir à farmácia, a ficarem em casa dias, a ter que arranjar quem ficasse com eles ou a faltar e a tomarem medicamentos.

Demos mais vezes do que queríamos antibióticos aos nossos filhos, antipiréticos e anti-inflamatórios nem se fala. Cremes, pomadas, gotas e mais uma infinidade de medicamentos que fomos comprar, obviamente na farmácia. Nem quero imaginar o que isto lhes pode fazer, mas a verdade é que não tínhamos outra solução. Fazemos isto tudo, claro, porque as coisas estão assim definidas, seja pela sociedade, seja pelo senso comum. Mas mais do que aliviar sintomas ou tratar estas doenças eu queria prevenir, pensava mais em como lhes podia reforçar o sistema imunitário, para que não andassem, mês a mês, a correrem para os médicos.

Então e o que faziam estas Mães para aliviar estes sintomas e para que estes cenários não se repetissem constantemente?

Usavam ÓLEOS ESSENCIAIS.

Resolvi pesquisar um pouco mais, perguntar aqui e ali e a certa altura uma amiga explicou-me um pouco mais dos Óleos Essenciais e das suas aplicações, que os usava frequentemente e que lhe tinha resolvido problemas relacionados com alergias, problemas respiratórios etc.

Comecei por comprar um difusor, comprei alguns óleos aqui e ali, mais uns que tinha em casa e comecei a usar. A verdade é que sem apoio e sem grande conhecimento, acabei por começar isto da forma errada. Comprei óleos que não eram biológicos, nem terapêuticos, nem 100% puros. Rapidamente percebi que não os ia conseguir usar para os objectivos que pretendia, nem tirar partido na sua totalidade.

Pouco tempo depois esta minha amiga informou-me que haveria  um Workshop de Aromaterapia no Porto, da marca  – DoTERRA e fui.

Foi essencial este Workshop. Comecei a conhecer um pouco mais os diferentes óleos e as suas excecionais características, os diferentes procedimentos e as infinitas aplicabilidades. Percebi que iria fazer muito mais com eles do que aquilo que me tinha levado ali. Fiquei com a certeza que iria ter acesso a óleos de qualidade, 100% puros, com um elevado grau terapêutico e que iria tirar partido totalmente destes óleos essenciais. 

A Luísa foi impecável na transmissão destes conhecimentos, é uma pessoa muito positiva, totalmente de bem com a vida, que nos transmitiu toda aquela energia que a marca doTERRA pretende transmitir. Saí dali a ter a certeza que tinha  encontrado a solução para os pequenos problemas do dia-a-dia e que muita coisa iria melhorar cá por casa.

Desde:

  • Purificar o ar
  • Acabar com as tosses
  • Curar febres.
  • Melhorar humores
  • Reduzir o stress,
  • Aliviar dores musculares.
  • Purificar o organismo

Até uma infinidade de outras coisas mais.

Inscrevi-me na Doterra, recebi o Kit aromatouch e comecei a aplicar de imediato no nosso dia-a-dia.

Leiam o próximo artigo aqui, para saberem como o experimentamos aqui por casa.

Se quiserem informação mais detalhada é só enviar mensagem por aqui.

 

Anúncios