Quanto não vale viver em Portugal?

Quando começo a vestir só duas peças de roupa para sair de casa, sinto-me logo melhor.

De facto somos uns sortudos, que chega a Março, às vezes mesmo em Fevereiro, já temos dias de sol radioso e temperaturas mesmo agradáveis.

O peso da roupa sai e o “peso” dos dias também. Acordamos de manhã, é já dia e o sol já vai alto. Vestimos então, roupa mais leve e as peças mais coloridas saem dos cabides.

Também pensamos logo em como vai ser o dia dos nossos filhos e pensamos que se não lhes vestirmos peças mais leves, vão transpirar e nem vão dar conta disso e depois apanham frio e ficam doentes (isto para quem tem filhos que volta e meia ficam constipados e ranhosos). Então, lá vestimos as peças em camadas, para que esperando que eles ou alguém, vão tirando ou colocando como precisarem.

Sabe tão bem sair de casa e sentir uma brisa fresca, voltar a sentir o sol a aquecer depois dos meses frios de Inverno. Todo o ar se torna mais leve, as pessoas mais sorridentes e bem dispostas. Dá logo vontade de comer mais frutas, saladas e beber mais líquidos, fazer exercício e essas coisas todas que estivemos a pensar fazer nos últimos meses, mas que só agora o fazemos naturalmente e por vezes sem grandes sacrifício.

Planeamos piqueniques e passeios no parque. E tudo o que envolva ar livre e brincadeiras na natureza. Só queremos sair e meter os nossos filhos a correr e a explorarem por onde estiverem.

E viva a Primavera!!

Que planos têm vontade de pôr em prática?

Anúncios