Banheira Shantala – Top 10 – essenciais da Maternidade

Se quiserem mesmo saber o que adorei usar nos primeiros tempos de Maternidade, esta foi sem duvida uma das melhores!

A banheira Shantala, Tummy Tub, ou se quiserem a banheira Balde.

Quem é que nunca ouviu de outros pais, que nem sempre era fácil dar banho aos bebés? Os relatos não eram muito animadores, os bebés choravam muito, mexiam-se imenso, havia o receio de os deixar escorregar, os pais tentavam trinta por uma linha e no final, uma experiência que devia ser tão boa e relaxante, era tudo menos isso. Havia também quem referisse o uso de adaptadores, tapetes e artefactos para ajudar a dar banho aos seres minúsculos e escorregadios, mas isso ainda assim me parecia muito pouco prático e pouco eficaz.

Pois, como todos acabamos por fazer, fui pesquisar! Fui ver como faziam outros pais e havia muitos testemunhos que falavam super bem das banheiras Shantala, das suas experiências e os comentários eram de facto o oposto de todos os que tinha ouvido falar. Vejamos:

  • Os bebés entravam e saiam do banho sempre serenos;
  • Era super relaxante para eles;
  • Por ser um espaço mais pequeno, era um ambiente mais controlado, sem correr o risco deles escorregarem
  • Era uma experiência realmente pacífica para todos;
  • O bebé era parcialmente mergulhado até à zona dos ombros por ser um recipiente vertical, o que permitia de alguma forma simular o ambiente do útero Materno;
  • E que o banho era afinal uma boa experiência

Então como gosto de experimentar coisas novas e como tudo me fazia sentido, não tive dúvidas, eu queria uma para o meu bebé! E não foi difícil arranjar.

Na altura fiz umas aulas pré-parto de Pilates para Grávidas na Gimnogravida. Adorei estas as aulas! Mas isso ficará para falar noutra altura, prometo.

Havia a magnifica banheira Shantala e trouxe para casa.

(Assim como outros itens um pouco mais diferenciados e difíceis de encontrar na altura. A almofada de amamentação gigante, por exemplo.)

Bom, então quando finalmente o João mergulhou na Banheira, percebemos logo que tinha sido uma boa opção. Uma carinha de bebé feliz, completamente relaxado e adaptado àquele ambiente. Quase que saía de lá a dormir.

Basicamente, a banheira pode ser usada desde os primeiros banhos do bebé, até eles caberem na banheira. Por mim eles ainda a usariam hoje em dia!

Depois é só necessário aprender uma ou duas técnicas para segurar o bebé. Nomeadamente a de segurar o bebé com a nossa mão em forma de pinça, pela frente de forma a ter a cabeça segura e sempre fora da linha de água e ao mesmo tempo com a outra mão dar o banho ao bebé. No fundo é o que nos ensinam nas aulas pré-parto para dar banho nas banheiras que chamamos normais e é perfeitamente possível o banho ser dado apenas por uma pessoa.

Também há a questão de onde a podem colocar. Pois podem coloca-la em qualquer superfície plana ou até mesmo dentro da banheira dos adultos. No nosso caso, como dávamos banho no quarto, arranjei um material plastificado que colocava por baixo e dava mesmo ali para que não houvesse diferenças de temperatura. Mas são opções.

Como em muita coisa cá em casa, esta banheira teve a sua segunda vida com a Beatriz e a experiência não se alterou muito. Os banhos aqui em casa sempre foram pacíficos sem grandes trabalhos e sempre foram momentos agradáveis e sem choradeiras.

A nossa avaliação, de todos cá em casa é sem dúvida muito boa e faz parte do Top 10 dos itens da Maternidade. 

Assim como Babywearing – Top 10 – essenciais da Maternidade

Espero que em breve outro bebé seja feliz na nossa Shantala azul.

deltashantalabanheiraazul

Mais informação aqui.

 

Anúncios