É assim que acaba mais uma semana.

Depois dos feriados, das férias e de ter ficado em casa mais dois dias com a pequenina que esteve doente, esta seria a semana que eu iria trabalhar uma semana inteira, após duas semanas.

Cinco dias que no início da semana me pareciam imensos e que seriam intermináveis.

Achei que iria ser duríssimo para todos. Que a semana nunca mais iria acabar e que iríamos estar todos extremamente cansados.

A verdade é que, eu não sei como foi estamos no final da semana… a semana passou a voar e hoje já é Sexta-feira!

Olho para trás e parece que estive em modo automático e não me lembro sequer por onde passei ou o que é que fiz.

É um pouco assustador que o tempo esteja a passar assim. Este modo automático que nos deixa alienados e, que remédio, conformados.

Queremos realmente isto? São estas semanas que vamos guardar na memória?
Com certeza que não!

E os miúdos? Será que eles se lembram? Ou a eles também lhes passam ao lado semanas como esta?

Anúncios