Babywearing – Top 10 – essenciais da Maternidade

Praticar Babywearing para mim, foi das coisas mais úteis e com maior impacto no meu dia-a-dia, que descobri nos primeiros tempos como Mãe e que sem dúvida coloco no Top 10  – essenciais da Maternidade.

Já sabia ainda antes do João nascer que o queria transportar juntinho a mim quando isso fosse possível.

Na altura ofereceram-me um Pano elástico e lá me aventurei. Não ficou logo bem no início porque, realmente colocar o Pano da forma certa e o Bebé lá dentro, é obra. Mas lá acabei por conseguir.

Vejam aqui informação correta de quem sabe do assunto:

 http://www.apertadinhos.com/2017/12/09/informacao-basica-sobre-panos-elasticos

A sensação que se tem, de um bebé aconchegado em nós e sem ser no peso dos nossos braços, é fantástica. Nós temos mais liberdade de movimentos e o bebé está ali connosco, eles sentem mais conforto e como estão no colo dos pais (é incrível para as Mães mas também é muito bom para os Pais), não se sentem sós. Para não falar na altura das cólicas em que a posição deitada não é definitivamente a mais confortável e eles dormem belas sonecas!

O João sempre foi um bebé muito pesado por isso acabei por usar o Pano talvez só até aos 9 meses.
Na altura quando pesquisei um pouco mais o assunto, vi que se calhar o mais adequado não era um Pano elástico, porque vai cedendo com o peso, mas sim uma Mochila Ergonómica.
Como o próprio nome diz, são ergonómicas – respeitam a postura do bebé e normalmente são evolutivas – acompanham o seu crescimento, o que também dá um jeitão.
Aqui fica um pouco a explicação sobre as Mochilas também por quem percebe:

http://www.apertadinhos.com/2018/01/23/mochilas-ergonomicas-fidella-lovecarry-tula/

Então, quando a Beatriz vinha a caminho, ofereceram-me uma Isara (escolhida por mim) que realmente eu sou fã!

Ainda hoje, passados 2 anos e alguns meses, está impecável mesmo tendo “feito” muitos e muitos quilómetros. Inclusive, carreguei o João já grande uma vez que já nem o pai tinha braços que pudessem com ele. Muito mais fácil de colocar do que o Pano, elas são giras e muito resistentes.

Adeus carrinhos, principalmente em grandes densidades populacionais ou em zonas de grandes declives ou de pavimento irregular. Aconselho, sem dúvida.

Com dois filhotes pequeninos então,  são obrigatórias!

mochila-beatriz-amaeeminhablogAmaeeminhablog-babywearing

Anúncios