A culpa das mães.

amaeeminhablog-a-culpa-das-mães
Photo by Jon Tyson on Unsplash

Não se sentem sempre culpadas porque deixaram os filhos na escola ou aos cuidados de outros para ir trabalhar?

Eu tenho sempre uma pontinha de remorso. No mínimo penso: “Porquê que não nasci rica?” Ou então, porque isso não foi escolha minha, “Porquê que não consigo enriquecer?” Para dar aos meus filhos e a mim própria a liberdade de escolha, porque no fundo é para isso que serve o dinheiro.

Vocês não sentem-se culpadas quando:

  • Foram ao cabeleireiro, coisa que não faziam desde que deram à luz pela última vez?
  • Foram conversar com amigas para ganhar alguma sanidade mental?
  • Os “despacharam” para casa de alguém os miudos, porque só precisavam, não queriam (!), mas precisavam, de ter um pouco de organização na casa, sem ninguém a interferir?

E não, não conseguimos fazer isso às 10 horas da noite quando eles finalmente adormeceram, porque adormecemos também. Porque nas duas últimas noites estivemos acordadas intermitentemente entre as 2 e as 5 da manhã, com insónias (porque já desaprendemos de dormir a noite toda) ou a levantarmo-nos porque um ou outro precisava de nós.

E lá vivemos culpadas e culpando-nos de tudo e qualquer coisa, quando o que nós deviamos ter era Paz.

Porque é isso que as Mães precisam de ter.

Paz para acompanharem os pequenos.

Paz e Alegria para inventar brincadeiras.

Paz, Alegria e Disponibilidade para os ouvir, os sentir e os acompanhar nas fases tão rápidas e seguidas que os Bebés e as Crianças têm.

Por eles e por nós,
Vamos deixar de nos culpar.

 

Só hoje. ❤

 

Anúncios