Olha o Menino e… a Menina!

Sempre gostei de simetrias. De coisas que encaixam.

Que ninguém ficasse só. Que tivesse o seu par para estar completo. Só assim me parecia perfeito.

Para mim ter um Menino foi uma grande surpresa, pois apesar de eu não pensar muito sobre isso, lá no fundo achava que ia ter uma Menina.

Quando soube que era um Menino senti que ia aprender ainda mais. Que isso me faria crescer e evoluir como pessoa. Que iríamos ser os melhores amigos e que eu o ajudaria a tornar-se num bom ser humano. Num bom homem!

Quando soube da Menina, foi como o fechar de um processo. Perfeito. A menina que sempre lá no fundo achei que viria para mim. De alguma forma, era o meu eu, nela.

Então tinha O PAR. A PERFEIÇÃO!

Ter o Menino e a Menina para mim foi o máximo!

O Azul e o Rosa. O Masculino e o Feminino. A Força e a Delicadeza.

Imagino muitas vezes as experiências que vou poder ter com um e com o outro.

Vou gostar de viver as diferenças e as semelhanças.

Ver a evolução de cada à sua maneira. De os conhecer cada um na sua individualidade e no seu género. E também no que eu me irei rever neles, ou não.

 

IMG_2163

 

 

Anúncios